CMOC International Brasil

20 de Novembro de 2018

CMOC Brasil exibe curta-metragem “Ana” para adolescentes e jovens de Catalão

  • Compartilhe

Produzida pelo Instituto Querô com apoio da empresa, película aborda a diversidade racial

 

Em alusão ao Dia da Consciência Negra, a CMOC Brasil realizou, na última terça-feira (20), uma sessão de cinema com a exibição do curta-metragem “Ana”, que aborda a diversidade racial, para os adolescentes e jovens que participam do programa Formare e das atividades da Fundação Nova Vida (Fenova), apoiada pela empresa. O filme foi produzido por jovens participantes das oficinas do Instituto Querô, de Cubatão (SP), que também é patrocinado pela companhia. Após a exibição, houve uma roda de conversa com Alexia Cassiano e Rafaella Peixoto, que participaram da produção do curta-metragem, em que se discutiu temas como preconceito, discriminação racial e bullying.

 

 

Diversidade

O filme provoca uma reflexão sobre a importância do respeito aos direitos humanos e à diversidade racial a partir da história da criança Ana, que dá nome ao filme, que não se reconhece como negra e não compreende a importância de se apropriar de suas características. A busca por sua valorização pessoal começa com a chegada de Jeannette, personagem refugiada congolesa que começa a trabalhar na escola onde a menina estuda.

“Ana” foi premiado em abril deste ano no 11º Curta Taquary – Festival Internacional de Curta Metragem, realizado em Pernambuco. A equipe responsável pela obra recebeu três prêmios, nas categorias Melhor Atriz, Melhor Fotografia e Melhor Roteiro.